Odontologia do Sono

O que é Ronco e Apnéia ?

Ronco

O ronco causa constrangimento para quem ronca e um grande desconforto para quem dorme ao lado. Reclamações durante a noite são comuns na vida do casal que sofre com esse problema, podendo até levá-los a dormir em quartos separados.

Segundo estatísticas americanas o ronco é um problema que atinge 40% dos homens acima de 30 anos e um elevado número de mulheres acentuando-se após a menopausa. Piora com a idade, ganho de peso e uso de bebidas alcoólicas ou medicamentos ansiolíticos.
O ronco acontece quando as estruturas e músculos da região da garganta relaxam muito durante o sono e vibram quando o ar passa por eles, produzindo o som do ronco.

O ronco é nocivo, afeta a família e outros que convivem com a pessoa que ronca. Além disso, o roncador tem grande probabilidade de apresentar uma doença séria conhecida como Apnéia Obstrutiva do Sono.

Apnéia

A Apnéia é o distúrbio do sono mais sério e atinge 4% da população mundial. Essa doença se caracteriza por paradas respiratórias de 10 segundos ou mais durante o sono causadas pelo bloqueio da passagem do ar, devido ao excessivo relaxamento das estruturas da garganta. Quando essas paradas respiratórias acontecem, o cérebro manda uma mensagem para que a pessoa saia do sono  profundo e com um pequeno despertar, muitas vezes sem ter consciência, volte a respirar.
Esses sucessivos despertares momentâneos fazem com que haja o comprometimento na qualidade do sono, assim é comum que as pessoas com essa doença reclamem de excesso de sonolência durante o dia, chegando até a se envolver em acidentes de carro por dormirem no volante.

Problemas maiores causados pela Apnéia incluem:
– Dormir enquanto dirige;
– Problemas cardíacos;
– Acidentes vasculares (derrames);
– Pressão alta.

Diagnóstico

O Diagnóstico definitivo da Apnéia Obstrutiva do Sono é feito através de um exame chamado Polissonografia, no qual o paciente passa a noite tendo seu sono monitorado. Durante o exame, os dados são registrados por um computador e uma câmara de vídeo especial equipada com infravermelho que filma e grava o paciente durante a noite.

A gravidade da Apnéia é classificada segundo o número de paradas respiratórias (maiores que 10 segundos) por hora.

Tratamento

Dependendo da gravidade do problema será indicado o tratamento mais adequado. Para casos muitos severos de Apnéia o tratamento costuma ser o CPAP, um equipamento elétrico que gera ar comprimido passando por um tubo até chegar a uma máscara que cobre o nariz, forçando a entrada do ar mantendo as vias aeras superiores abertas.

Para ronco simples e apnéias leves e moderadas a indicação é a Placa Intra Oral.

TRATAMENTO COM PLACA INTRA ORAL

Desenvolvida por especialistas norte americanos a Placa Intra Oral apresenta ótimos resultados com baixo desconforto para os pacientes.

A placa intra – oral funciona posicionando adequadamente a mandíbula, evitando desta forma que o tecido relaxado da faringe bloqueie a passagem do ar.

Além da fácil adaptabilidade dos pacientes, outro ponto positivo da placa é que ela é um tratamento conservador, ou seja, não agride e é reversível, o oposto de algumas cirurgias que buscam a solução do mesmo problema.

A placa intra- oral é um tratamento realizado por dentistas com formação e treinamento específicos para o tratamento de distúrbios do sono.

Consulte um dos nossos especialistas! Agende sua avaliação!