Ortodontia Convencional & Autoligada

Ortodontia convencional & ortodontia autoligada

Uma dúvida muito comum a todos os pacientes é relativo aos aparelhos autoligados, e suas diferenças em relação aos convencionais.

Para sanar esta dúvida, vou fazer uma breve descrição dos aparelhos e mostrar a imensa diferença que existe entre os dois tipos de aparelhos.

 

Aparelho convencional

A principal característica de um aparelho convencional é o uso de ligaduras elásticas, as famosas “borrachinhas coloridas”.  Item controverso no que diz respeito ao gosto dos pacientes (alguns gostam do colorido outros nem tanto) as ligaduras elásticas dificultam a movimentação ortodôntica, já que a mecânica de movimentação é baseada no deslizamento. O atrito entre o metal e a borracha é alto, principalmente se comparado ao atrito entre o metal e o metal, o que faz com que tenhamos que aplicar força maior para alcançarmos a movimentação geando maior desconforto ao paciente. Além disso, devido a porosidade do material (borracha) ocorre um acúmulo maior de bactérias proporcionando maior probabilidade de cáries, tártato, mau hálito, etc.

 

 Aparelho Autoligado

A principal característica dos aparelhos autoligados é a ausência das ligaduras elásticas.

Sem as ligaduras elásticas, o acúmulo de bactérias no aparelho diminui drasticamente, evitando assim cáries, tártaro, mau hálito, e outros problemas relacionados. Além disso, por não ter borrachinhas, o tratamento autoligado, se comparado ao convencional é mais eficiente, consequentemente um pouco mais rápido e costuma causar menor desconforto devido a força aplicada para alcançarmos o deslocamento ser menor.

Gostaríamos de lembrar também, de um detalhe muito importante para quem busca aparelhos mais estéticos e discretos!

Os aparelhos autoligados estéticos, como todos os aparelhos autoligados, não usam as ligaduras elásticas, mantendo assim a cor do aparelho (invisível) por todo o tempo do tratamento! Isso significa tratamento estético, moderno, sem dor, e com tempo reduzido!